all that matters
be alright
©
»
❝ Devia ter amado mais, ter chorado mais, ter visto o sol nascer. Devia ter arriscado mais e até errado mais, ter feito o que eu queria fazer… Queria ter aceitado as pessoas como elas são. Cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração… O acaso vai me proteger enquanto eu andar distraído. Devia ter complicado menos. Trabalhado menos, ter visto o sol se pôr. Devia ter me importado menos com problemas pequenos, ter morrido de amor. Queria ter aceitado a vida como ela é, a cada um cabe alegrias e a tristeza que vier…

Titãs.  (via nobroke)
❝ As pessoas de hoje em dia não amam, apenas sentem medo da solidão.

Roma, 1994.  (via velejo)

gente cheirosa ta sempre um degrauzinho acima na escada da vida.

❝ E por falar em perdas e ganhos, alguém notou que perdemos nossa capacidade de nos emocionar? Parou para pensar que gostar de alguém caiu em desuso? Que contemplar a lua cheia virou demodê? Que amar é caretice? Que ficar em casa sábado a noite é um passaporte para as fraldas geriátricas? Que o que poderia ser paz, encaramos como tédio? A constar, alguém aí anda preocupado com a possibilidade de não suportar a própria companhia caso a internet dê pau e o mundo pare de girar por alguns minutos?

Gabito Nunes.   (via docementesua)
❝ Ficar triste por algum problema é normal, se destruir por ele é burrice.

Romeuemcrise.  (via vocabularios)

Sabe aquele amor que só existe em filmes? Pois é, só existe em filmes mesmo.

❝ Já viram como as mulheres conversam com os olhos? Elas conseguem pedir uma à outra para mudar de assunto com apenas um olhar. Elas fazem um comentário sarcástico com outro olhar. E apontam uma terceira pessoa com outro olhar. Quantos tipos de olhar existem? Elas conhecem todos.

Luis Fernando Veríssimo.  (via versejas)
❝ Das besteiras que eu fiz, você foi a pior. E a mais bonitinha também.

Soulstripper. (via versejas)
❝ A melhor forma de fazer uma pessoa gostar de você, é não gostar muito dela.

O Teorema Katherine. (via finais)